terça-feira, 26 de março de 2013

Concorra a uma RAM X50


COMBATENTES E JOGADORES DE REAL ACTION DO RIO DE JANEIRO:

O time ARMADA ACTION SPORTS junto com o REVIEW PAINTBALL RJ e com patrocínio do campo PAINTBALL USINA  e loja COMBATESHOP de artigos para paintball estão convocando todos os jogadores de REAL ACTION para participar do evento PROJETO HAUNEBU.

Para participar do evento é necessario que o jogador tenha participado de alguma OFICINA DE REAL ACTION e que esteja apto e conheça o compêndio de Real action.

Segue abaixo mais informações:


Concorra a uma X50 zerinha!!!
Se liga ai na promo e no sorteio!!!

Formulario de Inscricoes:

... Individual:
http://www.jotform.co/ProjetoHaunebu/formularioindividual

Coletivo(Times):
http://www.jotform.co/ProjetoHaunebu/formulariocoletivo

Em 24hrs sera enviado um e-mail informando os dados para pagamento.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Novo e-shop de PAINTBALL


ATENÇÃO TODOS JOGADORES DE PAINTBALL

O REVIEW PAINTBALL RJ acaba de fechar parceria com o site de venda de materiais para esportes de ação TUDO TÁTICO. Estamos muito felizes com essa parceria pois a mesma visa engrandecer e garantir acesso a todas pessoas que desejam ingressar no ramo dos ESPORTES DE AÇÃO.

Mascaras, marcadores, bolas de talco para paintball, BBs para airsoft, equipamentos de proteção e demais acessórios, todos a pronta entrega e por encomenda. Para mais informações acesse o site www.tudotatico.com.br
Acessem o site:


segunda-feira, 18 de março de 2013

Lente Thermal


Nesse vídeo demonstramos como é a lente Thermal das mascaras de paintball.
Como se pode observar nos vídeos a lente possui uma película que é separada por uma borrachinha em volta da lente. Essa borrachinha tem papel fundamental de deixar formar um bolsão de ar para que o calor e umidade que estão na lente mais próxima do rosto não venham atingir a lente externa, ou seja, a lente grossa da mascara, não deixando assim a lente ficar umedecida e vir a embasar por conta da diferença de temperatura na parte externa da máscara para parte interna da máscara.






segunda-feira, 11 de março de 2013

Tudo Tático


O blog REVIEW PAINTBALL RJ fechou parceria com a loja TUDO TÁTICO e em breve estará disponibilizando promoções e brindes para os visitantes do BLOG. 

A TUDO TÁTICO é uma loja virtual que comercializa artigos esportivos para prática de JOGOS DE AÇÃO, seja o Paintball seja o Airsoft.

Nós do REVIEW PAINTBALL RJ acompanhamos a chegada do material e todo o processo de criação da loja, adequando as exigências dos jogadores das diversas modalidades de PAINTBALL e de AIRSOFT.

Estamos muito contente com essa nova parceria e esperamos colher muitos frutos. É um grande avanço para o paintball no RIO DE JANEIRO e em todo Brasil, ja que a mesma visa atender todos os Estados do Brasil.

Acesse o site: www.tudotatico.com.br

Seja bem vinda TUDO TÁTICO!!!

segunda-feira, 4 de março de 2013

Pistola COLT 1911 - Titan.



Produto: Pistola COLT 1911
Marca: Titan
Funcionamento: CO2
Descrição: Pistola de AIRSOFT da marca TITAN modelo COLT1911, FULL METAL, acompanha 3 magazines, cal. 6mn. Blowback.

Efetuei a compra através do site COMBATESHOP o qual me deu toda a assistência referente ao problema que tive com essa pistola. Continuo recomendando o Combateshop para todos que desejam efetuar a compra desse tipo de produto, uma vez que a honestidade e assistência do vendedor é impecável, se mostrando sempre disposto a resolver qualquer problema com relação a garantia do produto e garantia de entrega.

Vamos as considerações sobre o produto:

Quando se trata da marca TITAN eu particularmente tenho minhas dúvidas referente a qualidade do produto. Não existem referências a essa marca na internet, site ou qualquer outro tipo de assistência em caso de defeitos. Comprar produtos da marca TITAN é dar um tiro no escuro devido a esses fatores. Ainda assim fizemos a compra e apostamos na procedência do produto uma vez que pelas fotos e descrição nos poucos sites que vendem esse produto, me parecia uma boa pistola e atenderia as nossas espectativas (uso recreativo apenas)

Antes da COLT 1911 havíamos adquirido outro modelo de pistola, da mesma marca, que veio apresentando problemas, a mesma não disparava. Ainda não conseguimos identificar a origem do problema na pistola mas acreditamos que seja algo na liberação do gás que fica no magazine para a pistola efetuar o disparo.


Ao contactar o combateshop, informamos o ocorrido e o mesmo atendeu nossas espectativas e solucionou o problema me enviando outro produto, a pistola do vídeo, que esta funcionando de acordo com as espectativas do produto.

Sobre a pistola:
A pistola tem um peso e caracteristicas semelhantes a uma COLT 1911 real. As travas de segurança funcionais e o fato da mesma ser FULL METAL já fazem valer apena ter essa pistola, mesmo que seja para coleção particular. O produto é muito belo e de acabamento excepcional.

Como toda pistola BLOWBACK a mesma quando acaba as bolinhas do magazine, trava o ferrolho da pistola simulando o funcionamento de uma pistola real quando acaba a munição do magazine.

No magazine da pistola cabem 19 bolinhas de 6mn, as BBs de AIRSOFT. No magazine fica, também o cilindro descartavel de CO2, a qual é responsavel pelo funcionamento e disparo das bolinhas. Cada magazine fica com 1 cilindro de CO2.

Assim como nas pistolas de verdade, deve se engatilhar para que a BB entre na câmara e possa ser disparada. Ao ficar vasio o magazine da pistola o ferrolho (slide) trava demonstrando assim que acabaram as bolinhas.

Cabe ressaltar que para a prática do AIRSOFT com esse tipo de equipamento, o jogador deverá ter CR e NOTA FISCAL do produto, alem da ponteira LARANJA. Como a aquizição por nosso blog foi apenas para fins recreativos, adquirimos o produto sem a ponteira alaranjada. 

Nossa avaliação para essa pistola é nota 6 de 10, devido aos fatores acima já explicados. A dica que damos aos nossos leitores é para quem estiver interessado em comprar uma pistola bacana e que tenha um bom desempenho, junte um pouco mais de dinheiro e compre uma cuja a marca seja conhecida pois a falta de informação referente a essa marca é ABSURDAMENTE GRANDE. Esperamos que a TITAN consiga melhorar essa questão pois devido as qualidades dessa pistola é uma marca que tem tudo para crescer e se estabelecer no mercado.



 


sábado, 23 de fevereiro de 2013

Mini game - BLACK HAWK DOWN



O REVIEW PAINTBALL RJ gostaria de agradecer a todos os amigos e jogadores que participaram do primeiro MINI GAME realizado pelo Review Paintball RJ em 2013. Contamos com jogadores das seguintes equipes de REAL ACTION:

- ARMADA ACTION SPORTS
- SCORPIONS
- BICHOS DO MATO
- SEALS
- ILHA SQUAD
- IMORTAIS

Espero que todos tenham se divertido bastante e, acima de tudo, tenham fortalecido amizades antigas e feito amizades novas com os novos jogadores de REAL ACTION do Rio de Janeiro




MINI GAME REAL ACTION

Projeto BLACK HAWK DOWN
Campo PAINTBALL USINA
Data 16/02/2013 - Sábado.
Chegada: 13h
Inicio: 14 as 18h

24 vagas - 06 por SQUAD/TIME
04 missões de 40 minutos
Intervalos de 20 minutos entre os jogos
02 vidas por GAME.
60 bolinhas por GAME – Primário
01 Magazine por GAME - Secundário
Repasse de munição NÃO AUTORIZADO
Marcador secundário AUTORIZADO

Apenas para times de REAL ACTION
RESPAW: Base ou na casa

GAME 1:

EVASÃO – Um helicóptero foi abatido em zona quente. 6 tripulantes sobreviveram e estão aguardando reforço para serem resgatados de possível local de confronto.
O game consiste em 1 squad com 6 jogadores no centro do campo, após 2 a 5 minutos de jogo o squad de reforço será autorizado a iniciar o jogo, para encontrar o squad que necessita de resgate. Durante todo o game será oferecido RESISTÊNCIA.
Duração 40 minutos
2 vidas por jogador
RESPAW 2 em 2
60 bolinhas – verificar se será 60 por game ou por vida

Os times devem causar o maior número de baixa nos squads inimigos e conseguir a extração dos tripulantes.
OBS: Necessário conhecimento de APH para extração e cura do ferimento – Missão principal médico.

GAME 2:

KILL THE KING – Esse game consiste em observar especialidades de cada squad inimigo e abater apenas os que forem designados.
Ganha o Exercito que conseguir abater os 2 SQLs primeiro.

GAME 3:

INVERSION – A zona X é uma área de iminentes conflitos e exposta a 2 grupamentos paramilitares que precisam transitar pela área para repasse de informações, porém são impedidos devido a constante briga por domínio do território.
A missão consiste na tentativa do exercito A garantir a chegada de 3 operadores ao portão de saída da zona X.
A missão do exercito B é impedir a chegada dos operadores do exercito A.

GAME 4:

TIMEBOMB – Um grupo terrorista implantou uma poderosa bomba química na área Y, causando grande pânico aos moradores da vila de Vicefiuder.

Missão exercito A – Implantar bomba em área neutra localizada no centro do campo
Missão exercito B – Resgatar a bomba e desarmá-la. Somente engenheiro poderá desarmar e retirar a bomba, e recolhê-la para base. Missão principal engenheiro


PAINTBALL USINA
Rua Rocha Miranda nº 32 - Rio de Janeiro/RJ
Usina/ Tijuca - Tel: (21)4109-0820


domingo, 17 de fevereiro de 2013

SmartRounds


A RAP4 (REAL ACTION PAINTBALL) além de ser uma marca bastante conceituada na linha de marcadores e acessórios para paintball, também é conceituada na industria de armamentos não letais para contenção de massa e treinamento de segurança pública.

Atualmente estão desenvolvendo um novo projétil chamado SMART ROUNDS conforme a foto acima que é uma espécie de bala de borracha com formato e tecnologia aplicada com a necessidade de neutralizar o oponente com o impacto do disparo. A diferença das SMART ROUNDS para as balas de borracha utilizadas pela polícia no brasil é basicamente a questão da autonomia e precisão dos disparos devido ao formato da bola de borracha ser semelhante a um projetil de arma de fogo de verdade. 

Calma, antes que pense em adquirir esse tipo de bolinha, estas não são comercializadas para cidadãos comuns. Assim como as PEPPERBALLS (bolas de pimenta) as SmartRounds são de fabricação exclusiva para forças militares. No mais, apenas em marcadores específicos e destinados para esse tipo de munição que as SmartRounds funcionam.

Mais informações em:

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Legislação atual sobre PAINTBALL e AIRSOFT

É CHATO E DEMORADO, mas vale apena ler até o final pois trata da LEGISLAÇÃO que versa sobre nosso esporte.

O Airsoft e o Paintball são esportes regulamento no Brasil através das seguintes leis e portarias:

-Portaria 002-Colog, de 26 de fevereiro de 2010

-Decreto nº 3.665, de 20 de Novembro de 2000, conhecido como R-105 e seu Anexo I, que fornece a relação dos produtos controlados

Para uma melhor explicação:

Pela portaria 002-Colog, o Paintball e o Airsoft se enquadra na definição de ARMA DE PRESSÃO (art.2) e NÃO É SIMULACRO, muitos confundem que as marcadoras de paintball ou as AEG/GBB/AEP de airsoft sejam simulacros por se parecerem com armas de fogo, mas isto não é verdade, pois a lei é clara sobre este tema, que as armas de paintball e de airsoft se enquadram como arma de pressão por ter aptidão ao tiro. Então para entendermos o que é um simulacro e uma arma de pressão:

I – réplica ou simulacro de arma de fogo: para fins do disposto no art. 26 da Lei 10.826/03 é um objeto que visualmente pode ser confundido com uma arma de fogo, mas que não possui aptidão para a realização de tiro de qualquer natureza; e

II – arma de pressão: arma cujo princípio de funcionamento implica no emprego de gases comprimidos para impulsão do projétil, os quais podem estar previamente armazenados em um reservatório ou ser produzidos por ação de um mecanismo, tal como um êmbolo solidário a uma mola.

Parágrafo único. Enquadram-se na definição de armas de pressão, para os efeitos desta Portaria, os lançadores de projéteis de plástico maciços (airsoft) e os lançadores de projéteis de plástico com tinta em seu interior (paintball).

Ou seja,

Parece arma mas não atira = simulacro

Parece arma e atira (airsoft ou paintball) = ARMA de pressão

O Anexo I do R-105 fornece a relação dos produtos controlados e sua respectiva categoria de controle (que vai de 1 a 5). Analisando o anexo, vemos que há dois tipos de armas de pressão, a saber:

Arma de pressão por ação de mola - categoria de controle 3 - Airsoft Elétricas ou Mola

Arma de pressão por ação de gás comprimido - categoria de controle 1 - Airsoft a Gás e Marcadoras de Paintball

Além disso, temos também a definição dos produtos restritos e de uso permitido (artigos 16 e 17 do R-105)

Art. 16 (uso restrito):

(...) VIII - armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola, com calibre superior a seis milímetros, que disparem projéteis de qualquer natureza; (...)

Art. 17 (uso permitido):

(...) IV - armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola, com calibre igual ou inferior a seis milímetros e suas munições de uso permitido; (...)

Pelo artigo 10 do R-105 temos a relação do que cada categoria de controle está sujeita.

Categoria 1: controle em todas as atividades (Fabricação, Utilização, Importação, Exportação, Desembaraço Alfandegário, Tráfego e Comércio), no qual se enquadram as Airsoft a gás(GBB), as Marcadoras de Paintball e qualquer arma de pressão que tenha o calibre maior que 6mm, Sendo que para a compra no mercado nacional é obrigatório o cliente enviar a cópia do certificado de Registro valido para a loja.

Categoria 3: Controle apenas na Importação, Fabricação, Exportação e desembaraço alfandegário. O COMERCIO, A UTILIZAÇÃO E O TRÁFEGO não são atividades sujeitas ao controle. Se enquadram na categoria 3 as Airsoft Elétricas(AEG) e as Airsoft a Mola(Spring), sendo que para a compra em mercado nacional o cliente deve enviar a cópia do RG, CPF e Comprovante de Residência para a loja.

Sendo assim, há duas classificações possíveis para as armas de pressão:

-Gás ou mola

-Calibre maior ou menor que 6 mm

Para uma explicação mais detalhada, voltemos a portaria 002-colog:

Sobre a aquisição:

As armas de pressão por ação de mola, de calibre igual ou inferior a 6mm poderão ser adquiridas no mercado nacional sem a necessidade de CR (pois são de uso permitido e categoria de controle 3) - artigo 9

O CR (certificado de registro) só é exigido apenas na aquisição de armas de pressão a gás, de qualquer calibre (por ser categoria 1); ou nas de mola com calibre acima de 6 mm (por ser de uso restrito); - artigo 9, paragrafo 1

Sobre o tráfego:

As armas de pressão por ação de mola e calibre igual ou inferior a 6 mm (aegs e springers) NÁO necessitam de GUIA DE TRÁFEGO para o transporte (categoria de controle 3). A GT só é obrigatória para as armas pode ação de gás, de qualquer calibre (categoria 1) e para as de mola de calibre acima de 6mm (por ser restrito) - artigo 13, paragrafo 1

O transporte das armas de pressão de airsoft (mola e calibre menor que 6mm) só poderá ser efetuado com a nota fiscal original, comprovante da origem lícita da aquisição - artigo 13, paragrafo 2

O transporte deve ser feito de forma discreta, não podendo ser conduzida ostensivamente - artigo 13 paragrafo 3. Ou seja, transportar dentro do porta malas, em bolsa ou mochila própria.

Sobre a identificação:

As armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola tipo airsoft fabricadas no País ou importadas devem apresentar uma marcação na extremidade do cano na cor laranja fluorescente ou vermelho “vivo” a fim de distingui-las das armas de fogo.

Resumindo:

Armas de Airsoft ou Paintball = Arma de Pressão

Armas de Airsoft Elétrica(AEG/AEP) ou a Mola(Spring) = ação de mola e calibre 6mm = não precisa de CR para adquirir em mercado nacional= não precisa de GT = transporte obrigatório com nota fiscal = obrigatório possuir ponta laranja do cano.

Pistolas Gbb (armas a gás) = ação de gás = precisa de CR = precisa de GT = transporte com NF + GT = ponta laranja

Marcadoras de Paintball = Arma de pressão por Ação a Gás e calibre maior que 6mm = Necessita de CR para a compra em loja Nacional = Necessita de GT para trafegar junto com NF ou CII = Obrigatório possuir ponta laranja no cano.

Qualquer arma de paintball é restrita, tanto faz ela seja de speed(colorida) ou de cenário(parecida com uma arma), se a compra é realizada em mercado nacional e a loja não exigir o CR do cliente, a marcadora continuará ilegal, mesmo com nota fiscal.

Para poder praticar ou comprar alguma arma de pressão de Airsoft ou Paintball o adquirente necessita possuir mais de 18 anos.

1- PERGUNTAS E RESPOSTAS:

Sou menor de idade, eu posso comprar e jogar paintball ou airsoft ?

Pela legislação brasileira(art. 11 da portaria 002-Colog de 26/02/2010 e art. 81, I, da lei 8.069/90) o menor de idade não pode adquirir e nem jogar paintball ou airsoft.

Eu posso transportar uma arma de Airsoft(AEG/Spring) ?

Sim, a arma de Airsoft a Mola(Elétrica ou Spring) pode ser transportada junto com uma "case" ou na caixa original desmuniciada, sem bateria e sem o magazine acoplados na arma de forma segura e fora dos olhares da população como por exemplo transportá-la no porta-malas do carro e sempre deve estar acompanhada da arma a nota fiscal e aconselhamos estar acompanhada também a copia da portaria 002-Colog.

Eu posso transportar uma Marcadora de paintball ou Airsoft a gás ?

O transporte de marcadora de paintball ou airsoft a gás só pode ser realizada com a guia de trafego(GT) emitida pelo SFPC(Exercito) de sua região e deve estar acompanhada da arma de pressão a nota fiscal e o Certificado de Registro(CR), e os cuidados do transporte são os mesmos da resposta acima.

Eu posso Portar uma Arma de Pressão(Paintball ou Airsoft) ?

Não, o porte de arma de pressão nunca deve ser feito, isto é, ostentar a arma de pressão ao publico, carrega-la na cintura ou visível no carro , isto é considerado crime e pode ter várias complicações com a policia e a justiça brasileira por trazer o pânico na sociedade e também a arma de pressão pode ser confundida com uma arma de fogo podendo levar um tiro por isto de algum militar em sua função ou não, então para frisar, nunca ostente uma arma de pressão.

E se eu for parado em alguma Blitz, como devo proceder ?

A primeira coisa é ficar calmo e lembre-se que você adquiriu uma arma de pressão legalizada e você estará amparado pela lei vigente.

Avise o militar que está transportando uma arma de pressão no seu porta-malas e mostre sua Nota Fiscal pois este é o único documento que te dará respaldo na lei e se o militar quiser ver o seu equipamento o mostre e caso seja necessário explique o seu funcionamento para ele e se mesmo assim o militar pedi que o acompanhe até a delegacia o faça com todo o respeito e mostre a sua Nota Fiscal ao delegado que estará mais apto a entender a legislação, por este motivo recomendamos que leve também junto com seu equipamento a legislação vigente.

Como vou saber se uma loja está apta a vender arma de pressão(Paintball ou Airsoft) legalizada?

O primeiro passo é pedir o CNPJ da loja, que pode ser conferido sua autenticidade no site da Receita Federal, o segundo passo é pedir o nº do CR da loja no qual pode ser conferido sua autenticidade no SFPC da região militar da loja.

Para saber se uma Nota Fiscal(Eletrônica) é autentica é só consultá-la no site da Receita Federal ou na SEFAZ pelos números da chave de acesso que está localizada no canto superior direito da Nota Fiscal e um detalhe muito importante, deve constar nos dados do produto na Nota Fiscal a NCM: 93040000 que significa Arma de Pressão, caso a nota fiscal venha com alguma outra numeração de NCM a mesma é uma Nota Fiscal inválida que não corresponde ao produto comprado e que o mesmo pode ser oriundo de uma importação fraudulenta no qual o comprador não estará amparado pela legislação vigente.

IMPORTANTE: Vamos falar agora do compromisso de quem adquire uma arma de pressão para ter um esporte saudável e responsável

Referente as armas de pressão de airsoft:

Entendo que as armas adquiridas não são armas reais, mas que podem imediatamente serem confundidas com as originais. Dessa forma, devem ser tratadas com responsabilidade e discrição.

Devido a sua semelhança, entendo que poderão ser tratadas como verdadeiras pelo senso comum (quando observadas a distância) - pessoas, policiais, militares, etc. Dessa forma, declaro estar ciente de que o manuseei inadequado, em locais públicos, podem me trazer complicações, inclusive risco a minha vida (por exemplo, ao apontar as armas de pressão para um policial ele poderá revidar com fogo real).

Diante do que entendi, me comprometo a:

2.2- Agir e fazer agir sempre de boa-fé em prol da prática do esporte airsoft, cumprindo e fazendo cumprir sempre com todas as normas de segurança exigidas para o manuseio de armamento, de forma a evitar incidentes ou acidentes de qualquer natureza.

2.3 Disparar ou deixar disparar a(s) arma(s) de pressão contra seres humanos, somente quando estiver praticando o esporte airsoft, NOS LOCAIS DEVIDAMENTE AUTORIZADOS, COM A PERMISSÃO DA OUTRA PARTE, e desde que identifique proteção alheia e distância suficientes para um disparo seguro.

2.4 Não disparar e não deixar disparar arma(s) de pressão contra seres humanos, animais ou propriedades públicas ou privadas, assumindo os riscos de responder civil e criminalmente pelos atos ilícitos praticados.

2.5 Garantir e fazer garantir que as armas de pressão próprias para a prática do esporte airsoft adquiridas não sejam usadas por menores de 18 anos, assumindo o risco de responder por eventuais prejuízos causados, bem como pelas penas previstas no estatuto da criança e do adolescente (Lei nº 8069/90).

2.6 Quando transportar a(s) arma(s) de pressão própria(s) para a prática do esporte airsoft, fazê-lo sempre acompanhado da respectiva nota fiscal de aquisição do equipamento. Também, acomodá-la em recipiente fechado (embalagem original ou "case" apropriado), desmuniciada e sem carregador, assumindo o risco de ter o produto retido ou aprendido pela autoridade competente caso assim não proceda.

2.7 Em caso de venda ou doação do armamento registrar o ato mediante celebração de contrato assinado e registrado em cartório.

2.8 Em caso de furto, roubo ou extravio da(s) arma(s) de pressão para a prática do airsoft, por mim adquirida(s), estou ciente de que deverei informar imediatamente a autoridade policial competente, requerendo a lavratura de Boletim de Ocorrência (BO), enviando cópia do respectivo Boletim de Ocorrência para a empresa Milsim Artigos Esportivos e para o SFPC da respectiva Região Militar, para as devidas providências.

2.9 No caso de não ser registrada a venda, doação ou cessão da(s) arma(s) para a prática do airsoft mediante contrato registrado em cartório, declaro estar ciente de que serei pessoalmente responsabilizado pelo uso inadequado do(s) equipamento(s) e não somente e automaticamente quem me sucedeu, eis que a propriedade do instrumento do delito segue em meu nome, para todos os fins.

2.10 Ceder ou deixar ceder a(s) arma(s) de pressão somente em quando da prática do esporte airsoft, sendo vedada a cessão do armamento para outras finalidades e atividades ilícitas.

2.11 Não portar, manusear ou disparar a(s) arma(s) de pressão em locais públicos ou particulares não destinados à prática do esporte airsoft, podendo responder pelos danos advindos da inobservância desta orientação, inclusive estando ciente do risco de sofrer danos à minha integridade física, em caso de eventual ação ofensiva policial equivocada, por força das proibições e restrições da Lei 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento), por analogia, e da política de segurança pública vigente.

Fonte do texto: QG Airsoft e a Misim com a revisão e inserção do paintball nos comentários.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O que é REAL ACTION


Fala moçada, atendendo a pedidos de MUITOS jogadores interessados nessa modalidade, resolvi fazer um vídeo explicando um pouco sobre o REAL ACTION, modalidade que atualmente faço parte, me identifiquei e sempre que possível irei estar trazendo novidades sobre a mesma.

Muitos estão acostumados a jogar um PAINTBALL de forma simples, ou seja, no estilo morreu ta fora do jogo, ganha o time que pegar a bandeira no territorio inimigo e trouxer para a sua base ou simplesmente o chamado DEATH MATCH ou seja, o nosso famoso MATA-MATA.
 
O REAL ACTION mostra que o paintball pode ser muito mais do que isso, trazendo para dentro de campo missões e situações que simulam a realidade de confrontos dentro do ambiente de guerra. Utilização de Dinheiro Falso para pagar MERCENÁRIOS, uso de fóruns como QUARTÉIS GENERAIS para se discutir estratégias antes do jogo, traçar o perfil de possiveis jogadores do exercito oposto, discutir as melhores formas de se cumprir as missões, as especialidades de cada jogador do squad. Em alguns eventos são utilizados ESPIÕES para tentar capturar algumas informações durante o jogo e repassar para o exercito inimigo, além da possibilidade do jogador ser atingido em ZONA NÃO LETAL ou seja, braços e pernas, e o mesmo poder ser curado pela figura do MÉDICO, e poder retornar para o jogo sem perder a vida.

Em uma analogia simples com outros jogos, podemos dizer que o REAL ACTION é como um jogo de Xadrez, não importa se você perdeu todas as peças do tabuleiro, desde que você consiga derrubar o Rei (cumprir a missão). Ja outras modalidades de paintball podemos associar como um jogo de Damas, onde vence o que tiver o maior numero de pedras restantes no tabuleiro.

No vídeo eu falo um pouco sobre regras, especialidades e como funciona a organização do REAL ACTION no Rio de Janeiro.  Existe um documento chamado COMPÊNDIO NACIONAL DE REAL ACTION que é nada mais nada menos do que um manual de como se praticar a modalidade.
Vou citar algumas perguntas frequentes sobre essa modalidade que para uns parecem besteira, para outros faz a MAIOR DIFERENÇA, garantindo o sucesso do esporte.

1- ECA!! Cadê a competição? 
R: No real action NÃO HÁ VENCEDOR OU PERDEDOR, existe missão cumprida! Existem exércitos e as subdivisões que são os SQUADs. Cada SQUAD é representado por um time. Não existe time A melhor do que time B, sinceramente a gente está pouco se F.. pra isso, queremos jogar, nos divertir e acima de tudo recriar um ambiente fictício de guerra, simulando missões e trazendo um pouco da Realidade para dentro do campo.

2- Se é real action, porquê não têm tiro cego? Vocês não estão imitando a realidade??
R: Não aceitamos tiro cego simplesmente pelo fato do mesmo ter um grande potencial para acidentes, e como toda modalidade o REAL ACTION preza pela SEGURANÇA em primeiro lugar. Se no speed vale, é outra regra, outro tipo de jogo.

3- Que realidade é essa?
R: Todas pessoas em algum momento da vida já sonharam em ser um soldado. No paintball nós podemos realizar essa fantasia, podemos atirar nos amigos e saber que após o término da partida todos estarão bem, felizes e acima de tudo satisfeitos com o jogo. Esse é um ambiente saudável de diversão do Paintball em geral.

No Real Action não é diferente disso, porém os jogos tendem a ser um pouco mais técnicos, não há constante trocação de tiro devido ao limite de munição que se tem na modalidade. Utilizamos 180 bolinhas em 4 horas de jogo.A movimentação é mais tática, os terrenos de jogo são bem maiores, o treinamento é constante para que haja comunicação e entrosamento da equipe.
Em um combate real o soldado esta a mercê da vegetação, condição climática, escacez de munição, emboscadas e etc. Esse é o ambiente que o Real Action tenta recriar.

4- Porquê apenas 180 bolinhas?
R: Na regra utiliza-se 180 bolinhas tentando recriar a quantidade de munição que um soldado poderia estar carregando em uma guerra. 180 dividido por 6 = 30 bolinhas em cada tube. 30 é uma média referente a quantidade de balas que teriam dentro do carregador/magazine de uma Metralhadora.

5- Como faço para participar?
R: Os eventos de Real Action no Estado do Rio de Janeiro são feitos pelos próprios times de REAL ACTION em conjunto com o LABORATÓRIO REAL ACTION. 
Nos eventos apoiados pelo LABORATÓRIO REAL ACTION só pode participar jogador que tenha feito oficina de real action, para conhecer melhor o compêndio nacional de real action estando assim apto a participar dos eventos.
Eventos sem apoio do LABORATORIO REAL ACTION ficam sujeitos ao que manda a organização do evento.

6- O que é melhor REAL ACTION, CENARIO OU SPEED?
Não existe modalidade melhor ou pior no paintball, o que existe é a satisfação do jogador pela modalidade. Entrar em uma discussão sobre o que é melhor e o que é pior é a mesma coisa que querer discutir quem tem o pinto maior! Não vai levar a lugar algum, nem vai fazer diferença nenhuma na vida dos outros, ou para o esporte. Vai apenas mexer com o ego de quem questiona esse tipo de coisa.

Vale ressaltar que todo esporte é regrado, portanto não adianta o jogador querer questionar as regras de uma modalidade. Se elas existem é devido a algum motivo. Não é a modalidade que tem que se adequar ao jogador A ou B, é o jogador que tem que se adequar a modalidade. 

Espero ter tirado algumas dúvidas sobre o REAL ACTION.
Grande abraço, 

Luiz Vicunha.